Alagoas no maior evento universitário da América Latina

October 20, 2017

 

Troca de conhecimento, intercâmbio cultural entre atletas de todo país, e expectativa de medalhas. Esse é o clima da maior competição da América Latina a nível universitário, que acontece entre os entre os dias 18 e 29 de outubro, em Goiás. Esse ano, Alagoas terá 140 participantes, dentre oficiais técnicos e atletas.

 

Há 65 anos ocorrendo no meio esportivo, os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) almejam aumentar a participação em atividades esportivas em todas as Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas do território nacional. Além disso, o evento promove a ampla mobilização da juventude universitária brasileira em torno do esporte. Os campeões dos JUBs participam dos Jogos Universitários Mundiais (UNIVERSÍADE). 

O evento é realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e, esse ano, conta com apoio da Federação Goiana do Desporto Universitário (FGDU), e do Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte, e do Governo do Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce).

Neste ano, participam da competição os 26 Estados da Federação e o Distrito Federal, somando cerca de sete mil participantes entre dirigentes, comissões técnicas, alunos-atletas, árbitros, voluntários e Comitê Organizador. Serão disputadas 20 modalidades: atletismo, badminton, judô, natação, tênis, tênis de mesa, vôlei de praia, xadrez, basquetebol, futsal, basquete 3x3, handebol, taekwondo, JUBs acadêmico, esportes eletrônicos e vôlei. Natação, tênis de mesa e atletismo também serão disputados no paradesporto.

 

Atletas alagoanas e as expectativas para o JUBS 2017

 

Gleyci Kelly dos Santos, 18 anos, é uma das promessas de medalha para o Jubs 2017. A atleta alagoana cursa Educação Física na UNOPAR Maceió, e é destaque por ser bicampeã no Norte-Nordeste, tendo conquistado o 4º lugar no ranking nacional.

“É a minha primeira participação no JUBS. Estou encantada com a estrutura do evento. Minha expectativa é de bater minhas marcas. Farei sete provas e, se Deus permitir, levarei uma medalha para casa”, afirma a atleta, cheia de brilho nos olhos e vontade de vencer.

Ao Seu lado, Bárbara Vitória Gomes, 19 anos de idade e sete de atletismo. A jovem irá participar das provas de 3 mil metros com obstáculo e 1.500m. Ao ser questionada sobre o auge da sua carreira, a atleta revela: “Todo esportista fica feliz quando entra no ranking nacional e é destaque em seu país. Acredito ser o momento mais emocionante de uma jornada de treinos e dedicação. Após sete anos no esporte, quando entrei para o ranking, me vi realizada e ainda mais motivada”.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2023 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com

Visto em

    Gostou da leitura? Doe agora e me ajude a proporcionar notícias e análises aos meus leitores